10 dicas para você vender mais na Black Friday

Se você já se questionou antes: “como faço para vender mais na Black Friday?”, listamos aqui boas dicas para você ter um bom começo.

DICA 1: Aproveite o mês de novembro

Por que vender apenas na sexta-feira tão desejada pelos consumidores se temos um mês inteiro pela frente? Muitos lojistas já enxergaram a oportunidade de aproveitar o mês inteiro da Black Friday, oferecendo ofertas com ótimos preços, e deixando o dia oficial do evento para descontos ainda mais arrasadores. Essa antecipação tem beneficiado diversas empresas, como Netshoes, Submarino e Americanas.

DICA 2: Use estratégias de fidelização

Iniciativas como o Ame, da loja Americanas, visam fidelizar os consumidores ao devolver até 25% em dinheiro de volta. Outra estratégia é disponibilizar cupom de desconto para a próxima compra. Isso faz com que o cliente volte à loja em breve. Pode ser, inclusive, para garantir o presente de Natal da família.

DICA 3: Use análise de comportamento

O behavior marketing deve ser bem empregado nessas datas de muitas visitas nos sites. Que tal oferecer aquele capacete de ciclismo para quem acabou de comprar uma bicicleta, ou um suporte de TV para quem adquiriu um equipamento Led novinho? Analisar o perfil dos clientes, como os produtos desejados e adquiridos, pode dar boas pistas para gerar ótimas vendas.

DICA 4: Distribua cupons de desconto por meio de afiliados

Nos Estados Unidos, o consumidor não costuma sair de casa para comprar sem antes recortar seus cupons de desconto (vouchers). Aqui no Brasil, o interesse das pessoas pelos cupons vêm crescendo ano após ano. Use essa estratégia para conceder desconto para aqueles produtos que têm demanda reprimida ou possuiu boa margem para trabalhar. Algumas redes de afiliados, como a Awin, Lomadee e Rakuten, facilitam todo o processo de gestão e relatórios de vendas. Divulgue sua loja em grandes sites de cupons, como Reduza (www.reduza.com.br), Cuponomia e Promobit, pois lá o mais interessante é que você só paga se eles venderem para você.

DICA 5: Use e-mail marketing

Este é o mês propício para obter boas vendas ao enviar ofertas arrasadoras por e-mail para seus clientes. Como a taxa de abertura é baixa, invista em assuntos que despertem a atenção dos consumidores – pode até usar emojis! – e não esqueça de colocar uma oferta que seja realmente imperdível em destaque.

DICA 6: Abuse do Instagram

Marque presença nessa rede social, criando um relacionamento autêntico com seus seguidores para conseguir ótimas vendas. Quanto mais pessoal você puder ser para criar identidade com seu público, melhor. E claro, não tente vender a todo tempo, use o canal para levar dicas e construir uma boa relação com esse público. Por exemplo, se você tem uma loja de tênis, pode construir um perfil sobre dicas de corrida de rua e usar seu instagram para vender também. E o melhor de tudo: o investimento é só o seu tempo, o que é ideal para quem está começando agora o negócio.

DICA 7: Ofereça frete grátis

O frete é um dos maiores fatores de abandono de carrinho. Imagine oferecer uma geladeira com o melhor preço do Brasil, mas com um frete de R$ 500,00 para o Rio Grande do Sul? Isso gera frustração para o consumidor e faz com que a loja deixe de vender. Melhore a logística, de modo que consiga oferecer fretes grátis, ou pelo menos acessível aos clientes. Uma opção é analisar seu ticket médio e, com base nisso, oferecer frete grátis para os consumidores que comprarem acima deste valor. Por exemplo, se a média de compras é de R$ 200,00, garanta entrega gratuita para compras acima de R$ 299,00. Dessa forma, você não perde vendas, ainda aumenta o faturamento e ainda cria uma boa experiência para seus consumidores.

DICA 8: Use gatilhos mentais

Já ouviu falar dos gatilhos mentais? Sabe aquele texto “últimas unidades” que você viu por aí e pensou, tenho que comprar logo antes que acabe? Então, é que usaram nessa oferta o gatilho mental de escassez e que fez você pensar em comprar com mais urgência. Como alguns consumidores deixam para depois aquela compra, não custa nada dar uma ajudinha no processo para acelerar as vendas, não é mesmo? Outros bons gatilhos mentais que você pode usar: urgência (“Último dia”, “Promoção Relâmpago”), autoridade (“Recomendado pela Associação Brasileira de Odontologia”), prova social (“milhares de consumidores já compraram”, “15 pessoas estão olhando essa oferta agora”), novidade, antecipação, relação dor / prazer, entre outros.

DICA 9: Google Ads com produtos de ticket médio elevado

Se a verba para investir no Google Ads é baixa, uma excelente opção é anunciar os produtos com ticket médio maior, o que deixará uma folga na margem para gastar no Ads. Desse modo, você pode conseguir ROI usando a estratégia certa. Veja algumas dicas: escolha palavras-chave específicas e fechadas; acompanhe os termos de busca por palavra-chave e negative aquelas que não têm a ver com o produto; crie diversos anúncios dentro da mesma campanha, de modo a conseguir boa pontuação no Google Ads; e use o acompanhamento de conversões para saber se a campanha está realmente dando lucro ou prejuízo.

DICA 10: Use os grupos do Facebook

Sim! O Facebook ainda tem vida (rs), e os grupos da rede geralmente têm um engajamento bem maior que as páginas. Exemplos: grupos de classificados de várias cidades do Brasil, grupos de pessoas com interesses em comum, como concurseiros, fãs de leitura, viciados em promoções, e até grupos para discussão sobre determinados modelos de celulares. Basta usar a criatividade para tentar levar os seus produtos para todos esses públicos.

7 Views

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *