Vivendo com animais de estimação. Mantenha seu bebê seguro!

Então, até este ponto, seu cão ou gato foi seu bebê, mas agora há um pequeno humano a caminho. É normal e, de fato, sábio se preocupar com a maneira como os dois vão conviver. As chances são muito boas de que tudo funcione muito bem e seu animal de estimação e seu filho sejam amigos muito próximos, mas há algumas coisas que você pode fazer para se preparar. Primeiras dicas para cães:

Ensine seu cão a ficar fora do quarto do bebê

Comece imediatamente colocando um cerquinha na porta ou mantendo a porta fechada para ajudar seu cão a aprender a ficar fora do quarto do bebê. Mais tarde, você pode permitir que o cão entre no quarto, especialmente se você estiver lá. Mas tenha em mente deixar o seu animal de estimação longe desse quarto.

Apresente seu cão a outros bebês

Se ele nunca esteve perto de um bebê, introduza cuidadosamente alguns em sua vida. É muito menos provável que ele fique ansioso com seu bebê se ele for apresentado gradualmente a outros bebês antes.

Verifique se ele está bem treinado

O comportamento de um bebê não é previsível; portanto, seu cão deve ser adulto neste caso. Se o seu cão não lhe obedecer, é hora de treinar antes que o bebê chegue. Se o seu cão é do sexo masculino e você não o castrou, também é um bom momento para isso. Deve tornar o cão mais calmo e bem-educado.

Depois, há o gato – algumas das mesmas idéias também funcionam para os gatos, exceto que treiná-los para ficar fora de uma sala é bastante difícil. Eles escalam portões e berços, aliás, com facilidade. Portanto, além de um portão para bebês, é aconselhável comprar uma rede para passar por cima do berço e manter o gato fora. Além disso, se seu gato dorme com você, não coloque o bebê em sua cama com o gato no quarto.

Para ambos os tipos de animais, mantenha a tigela de comida e água longe do bebê. Os bebês gostam de brincar neles, e isso não só pode atrapalhar, mas também pode causar inveja ao animal. Além disso, em algum momento, se seu filho puder acessar a ração, ele tentará comê-la. Eu prometo, rs.

Seu filho e seus animais de estimação devem desenvolver um bom relacionamento com poucos problemas. Apenas seja diligente por um tempo até que todos fiquem à vontade, e você deverá continuar tendo um lar feliz.

 217 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *